14 fevereiro 2011

Efêmero

O sexo sabendo a orvalho
em florada de murta,

quando ele se abre pra mim
eu caio de boca,

porque a vida
é curta..

2 comentários:

  1. Gosto muito deste pote de extrato de poema concentrado,deu um molho muito bom...

    ResponderExcluir